1º Gilmar (Itumbiara) – 8 gols

2º Léo Gamalho (Goiás) –  7 gols

3º Jorginho (Atlético), Nonato e Michael (Goianésia), Saulo e André Luis (Rio Verde) e Robert (Aparecidense) – 5 gols

4º Moisés (Vila Nova), Frontini (Crac), João Pedro (Atlético) e Aleílson (Aparecidense) – 4 gols

5º Wesley Matos (Vila Nova), Tiago Luis (Goiás), Júnior Viçosa (Atlético), Pedro Henrique (Anápolis), Vanílson (Itumbiara) e Yago Amaral (Iporá) – 3 gols

6º Tozin, Clécio e Elias (Aparecidense), Wallyson e Hiroshi (Vila Nova), Rafael Morisco, Nino Guerreiro e Sílvio (Crac), Rodrigo Alves, Vinícius Leite e Paulo Henrique (Iporá), Fábio (Goianésia), Juan, Jean Carlos, Otacildo, Aylon e Everton Sena (Goiás), Felipe Baiano (Anápolis) e Mateus Magro (Itumbiara) – 2 gols.